An accessible version of this website containing similar content may be found at: page.php?ctx=2,2,43

Parar de alimentar

À primeira vista, este método atrai pela sua simplicidade – não alimente os gatos e eles irão embora. O problema é que, a não ser que haja outra fonte de alimentação por perto, eles não irão a lado nenhum. Os gatos silvestres são extremamente territoriais e não se afastarão muito à procura de comida. Em vez de se afastar, os gatos tendem a aproximar-se, arriscando mais a aproximar-se das habitações humanas à medida que o seu desespero aumenta. Além disso, um gato pode passar semanas sem comer e, ainda assim, reproduzir-se. Fazer os gatos passar fome vai resultar apenas em animais esfomeados e pouco saudáveis, vulneráveis a doenças e infestações parasitárias, como as pulgas. O que parecia uma solução simples acaba por tornar a situação bem pior.


 
Além do mais, não há nada mais difícil do que tentar impedir aquelas pessoas que se preocupam de alimentar os gatos de rua, ainda mais quando sabem que estão a passar fome. Há pessoas que arriscam os seus empregos, os seus apartamentos e até se arriscam a ser fisicamente agredidos só para evitar que os animais passem fome. Tentar afastar os gatos silvestres retirando a comida resulta, normalmente, em gatos a sofrer e conflitos com quem os alimenta, mas pouco mais.
Visite-nos em:FacebookTwitterYouTube
15261
ANIMAIS ESTERILIZADOS
até 18 - 08 - 2017
AJUDAS URGENTES
Ajuda Urgente
ADOÇÕES URGENTES
Adoçao Urgente